Arquivo da categoria 'Vida ativa'

11 abr 2016

4ª Corrida e Caminhada Hospital Pelópidas Silveira

Ontem aconteceu a 4ª corrida e caminhada do Hospital Pelópidas Silveira. A inscrição foi a doação de 2 potes de vidro pro banco de leite do IMIP e fica bem pertinho de casa, então eu não poderia perder! Ano passado eu fui e gostei bastante da organização, esse ano foi muito melhor! No kit recebemos uma camisa de manga comprida, o número de peito e chip pra cronometragem do tempo.

4ª Corrida e Caminhada Hospital Pelópidas Silveira
Durante o aquecimento.

Muita gente junta pra cumprir mais um desafio. A energia das corridas de rua é incrível e eu sempre corro melhor e me supero quando corro nelas. O percurso mudou e esse ano corremos por dentro da mata fechada por uma estrada asfaltada dentro do batalhão do exército. Apesar das ladeiras, o cheiro e a vista foram renovadores e me deixaram encantada. Depois de uns 4 km no verde fomos à céu aberto até o final do percurso que foi de 5,5 km, precisei diminuir o ritmo porque o calor estava forte apesar do tempo nublado. A única coisa à melhorar é o horário da corrida, sempre às 8 horas da manhã, esse é um hora onde o sol já está muito quente aqui em Recife.

4ª Corrida e Caminhada Hospital Pelópidas Silveira

A galera que corri junto na corrida de aventura em Itamaracá também foi e pense num pessoal animado! Super divertidos e rendeu muitas fotos, escolhi essa como a oficial do dia, rs. O grupo tem até bandeira e fico feliz em fazer parte do Máquinas na Pista! Agora preciso treinar mais essa semana porque domingo que vem tem outra corrida de rua, a Corrida das Ladeiras Históricas de Olinda 😀

Marquei a corrida no aplicativo Sports-Tracker.
Percurso: 5.46 km
Tempo: 00:38:48

Juliana Urquisa Postado por Tags:
9 Comentários
22 fev 2016

9 Marcas de Bikes Vintage Customizadas

Eu adoro coisas vintage e ultimamente ando namorando as bikes nesse estilo. Comecei observando apenas 1 site e marca e jurava que era algo super incomum até conversar com um colega que me indicou uma loja em Recife! Fiquei ainda mais surpresa quando decidi aumentar as minhas buscas pela internet e descobri muitas marcas lindas que customizam bikes de acordo com o que o cliente quer! Já tenho a minha montain bike, mas estou apaixonada por esses modelos antigos. Alguns são inspirados nas bikes italianas, enquanto outras buscam inspiração nos anos 50 e 60 Outras mascas trabalham com a bike totalmente personalizada, onde o cliente pode escolher a cor de cada peça, desde o pneu até a cestinha. Vejam a lista à seguir e não deixem de conferir os links pra ver todos os modelos, não tem como não se apaixonar!

Bike Ink Brasil

FB_IMG_1455896309071
“São bikes customizadas apartir de uma idéia do cliente; ou não. Na maioria das vezes o cliente chega com uma idéia na cabeça, e tentamos da melhor forma dar vida a essa idéia e deixar pronta pra rodar.”
Preço: R$ 1.370,00 a R$ 4.699,00
Site oficial: Bike Ink Brasil

Customize Bikes Brasil

FB_IMG_1455896205664
Customização de bicicletas retrô.
Preço: à partir de R$ 600,00
Site oficial: Customize Bikes Brasil

Echo Vintage

FB_IMG_1455896251783
“Somos uma empresa de e-commerce, especializada no varejo on-line.
Desenvolvemos itens que resgatem boas lembranças, a valorização de hábitos do passado, unindo-os a inovação e a tecnologia necessárias para os dias atuais.
São produtos eternos que encantaram décadas, chegando até nós, como um novo estilo de vida, design, praticidade e funcionalidade, trazendo com eles novas experiências.
Para nós ser vintage é cool.”
Preço: R$ 1.199,00 a R$ 1.899,00
Site oficial: Echo Vintage

Linus Bike

FB_IMG_1455897503911
Inspirados pelo design da bicicleta francesa dos anos 50 e 60, criam bicicletas que preserva a elegância simples de forma pura, incluindo todas as vantagens de conforto e confiabilidade.
Preço: R$ 3.450,00 a R$ 21.700,00
Site oficial: Linus Bike

Nirve Brasil

FB_IMG_1455896274243
“Nirve é uma empresa de Huntington Beach, Califórnia, líder no mercado americano de bicicletas confortáveis.
A Nirve fabrica artesanalmente há mais de 10 anos, bicicletas de alta qualidade e estilo inovador. Com seu acabamento diferenciado, as Bicicletas Nirve atendem a um público bastante exigente em diferentes lugares do mundo.”
Preço: R$ 1.899,00 a R$ 3.499,00
Site oficial: Nirve Brasil

Novello

novello
“Uma marca de origem familiar italiana, que se inspira no classicismo das bicicletas da bela Itália. Está introduzindo no mercado brasileiro sua primeira linha de modelos clássicos.
O escritório base e estoque ficam localizados no Rio de Janeiro e contam com uma equipe altamente capacitada e uma ampla rede de revendedores espalhados pelo Brasil preparados para dar auxilio e assistência técnica para as bicicletas.”
Preço: R$ 1.510,00 a R$ 3.110,00
Site oficial: Bicicletas Novello

Olé Bikes

FB_IMG_1455896286489
“Escolha as cores, acessórios e componentes e veja como vai ser sua bike, o orçamento é atualizado imediatamente.”
Preço: à partir de R$ 1.295,00
Site oficial: Olé Bikes

Reciclo Bikes

FB_IMG_1455896233844
“Sabe aquela bicicleta velha de guerra, esquecida há anos no fundo da garagem ou amontoada em um bicicletário clamando para ser descartada? Embaixo desse monte de poeira e da pintura enferrujada, pode estar uma magrela rara e única, capaz de atrair olhares e chamar a atenção até dos menos afeitos ao ciclismo. O que já não serve para olhos leigos é ouro para as arquitetas Maria Escorel e Pat Quintela, idealizadoras da Reciclo Bikes, empresa recifense especializada na transformação, reforma e reciclagem de bicicletas urbanas.”
Preço: à partir de R$ 1.200,00
Site oficial: Reciclo Bikes

Velosophy

britannia-980x420
Especializados na revenda de marcas importadas como Rizoma, Velorbis e Linus.
Preço: R$ 5.350,00 a R$ 18.680,00
Site oficial: Velosophy

Onde encontrar em Recife:

Reciclo Bikes
Rua Conselheiro Portela, 417
Espinheiro, Recife – PE
(81) 99519-4050 ou (81) 3105-4051

Nirve Brasil na Ciclovia Sport
Avenida Rui Barbosa, 1105 (no interior da Toyolex)
Graças, Recife – PE
(81) 3877-1909

Linus Bike na Acquashop
Av. Marechal Mascarenhas de Morais, 2666
Imbiribeira, Recife – PE
(81) 3125-3113

Juliana Urquisa Postado por Tags:
6 Comentários
15 fev 2016

Tipos de Suporte Para Levar a Bike no Carro

Hoje o meu marido estreia aqui no blog como colaborador trazendo conteúdo voltado pro ciclismo. Ele pedala há anos e tem bastante experiência no esporte e acessórios, vai mostrar prós e contras de produtos testados e também os eventos de ciclismo que acontecem em Recife. Espero que gostem, essa participação só tem a somar na categoria Vida Ativa do Um Café e Um Amor 🙂




Existem 3 tipos de suporte para leva a bike no carro: vidro, engate e teto. Eu já utilizei todos os 3 tipos, o primeiro foi o de vidro e logo na segunda vez arranhei a tampa da mala. O valor de venda desse tipo de suporte é barato, mas não vale a pena se você presar pela conservação do seu carro. Na época comprei por R$ 50,00 e para consertar o carro gastei R$ 200,00. Tenho relatos de amigos, que além de arranhar, também amassaram a tampa da mala e vi em alguns fóruns que já quebraram o vidro. Não é um suporte que recomendo.

Suporte de bicicleta para carro
Imagem: Fórum Pedal

O segundo suporte que utilizei foi o de engate. Ao contrário do suporte anterior, não tem contato com o carro, somente com o engate (a bola de ferro). O lado bom desse tipo de engate é que ele fechado não ocupa tanto espaço dentro da mala e é de fácil armação, em contra partida a bicicleta fica passando dos lados do carro e dependendo da posição cobria a placa do veículo. O código nacional de trânsito dita que caso você obstrua a placa do carro, é preciso disponibilizar uma outra placa com visibilidade e iluminação apropriada. No meu caso eu fiz um arrumadinho para que ficasse com luz, peguei uma lanterna e amarrei no engate apontando para a placa. Ponto negativo desse modelo de engate que tive, é que se precisasse pegar algo no porta malas precisava tirá-lo do carro.

Suporte dobrável de bicicleta para carro

Imagem: Physicus

Existem alguns engates que já vem com espaço para a placa e iluminação e como também o afastar para abrir a mala, esses modelos são mais caros.

Suporte thule euroway de bicicleta para carro
Imagem: Centauro




O suporte que estou usando atualmente é o de teto. Quando troquei de carro pela última vez, peguei um carro que possui as barras no teto (comprei um Nissan Livina), precisei comprar as barras transversais (comprei no mercado livre) e os suportes Thule FreeRide 532 no site do Walmart. Achei que teria mais dificuldade para colocar a bicicleta em cima do carro, cheguei até a arrumar um banquinho para colocar na mala do carro, mas nunca usei. O problema desse suporte é que se você for baixo ou seu carro alto fica inviável a colocação da bicicleta em cima. Até estando tudo na altura certa se você colocar sem muita atenção ela irá cair por cima de você (caiu por cima e com o guidon nas costas) e você não pode ir para lugares que ônibus não passam (é assim que eu vejo por onde ando). Mas em contra partida não preciso me preocupar em estacionar, pois não tem bicicleta na parte de trás do carro e nem de frear um pouco mais forte e o suporte encostar no carro.

Suporte teto de bicicleta para carro

Foi disponibilizado pela Thule o vídeo com testes usando os tipos diferentes de suporte, achei bastante interessante:

Espero que essas dicas te ajudem quando precisar comprar um suporte de bike pro seu carro e qualquer dúvida é só perguntar nos comentários.

Postado por Tags:
1 Comentário
24 jan 2016

Corrida de Aventura Cross Team PE em Itamaracá

Corrida de Aventura - Cross Team PE

Domingo passado fui pra uma corrida de aventura organizada pelo Cross Tem PE. A corrida me chamou a atenção por ser na Ilha de Itamaracá e juntar trilha com passeio ecológico e sustentabilidade. O evento no facebook tinha muita informação e também vídeos das corridas anteriores e uma das coisas que me deixou feliz foi o slogan: Ninguém fica pra trás! Eu já imaginava que o percurso de 10 km entre ladeira, areia de praia e mato seria complicado pra mim e não fiquei preocupada por causa do slogan, sabia que ninguém ia me deixar lá atrás sozinha, rs.

Itamaracá é um pouco distante e levamos cerca de 1 hora pra chegar no local, tinha pouca gente quando chegamos e peguei logo meu kit composto por 1 saco de lixo, barrinha de ceral e pulseira identificadora. O saco de lixo fazia parte da missão de coletar o lixo no mangue. MUITO lixo, impressionante… Que tristeza, um lugar tão lindo e as pessoas não preservam. Ainda bem que surgiu essa corrida e os organizadores logo arranjaram uma utilidade pública pros corredores. Talvez daqui há uns 10 anos acontecendo a corrida anualmente o lixo diminua por ali 🙁

Corrida de Aventura - Cross Team PE

Chegando lá encontrei um amigo corredor que estava com um grupo e me encaixei na equipe Máquinas na Pista. Todos muito atensiosos comigo e passaram dicas de respiração que eu nem sabia que fazia errado. Me ajudaram durante todo o percurso, mesmo eu tendo atrapalhado um pouquinho, rs. Obrigada, meninos!

Os locais que passamos, as paisagens, praia e mangue, sem falar nos pontos históricos com parada obrigatória pra foto foram renovadores. Que lugar maravilhoso, que momento mágico e único. Nunca havia participado de algo assim e fiquei apaixonada. Vou treinar cada vez mais com isso em mente, objetivo de sempre buscar fazer essas trilhas em meio à natureza.

Corrida de Aventura - Cross Team PE
Corrida de Aventura - Cross Team PE
Corrida de Aventura - Cross Team PE
Corrida de Aventura - Cross Team PE

Os cuidados que tomei foram: Usar calça, camisa de manga comprida com proteção UV, boné e óculos escuros. Coloquei luva na bolsa, mas não precisei. Passei bastante protetor solar e a garrafa sempre cheia de água, reabastecendo nos pontos de entrega. No final da corrida os meninos da equipe estavam com o carro super equipado! Muitas frutas, goiabada, paçoca, rapadura, água e energético pra repôr as energias depois de quase 2 horas de SELVA! Hahaha!

Como a proposta era diversão e treinamento, não houve premiação de pódio e todos ganharam troféu feito com material reciclado Nos divertimos, ajudamos o meio ambiente recolhendo lixo no mangue e todos saímos vitoriosos!

Corrida de Aventura - Cross Team PE

Gravei a corrida com a GoPro e a câmera digital e fiz uma edição e está logo abaixo. Ainda estou começando nesse negócio de edição de vídeo, portanto relevem se estiver muito trash, rs.

Juliana Urquisa Postado por Tags:
8 Comentários
15 dez 2015

Corrida Family Run – 10km

Eu não pretendia me inscrever pra essa corrida e sim pra etapa água da corrida Night Run, porém essa segunda etapa simplesmente não existiu aqui em Recife. Então pra não passar dezembro em branco e fechar 2015 com chave de ouro me inscrevi na Family Run pra 10km. Dessa vez eu treinei e estava bem preocupada com algumas dores insistentes no joelho esquerdo.

Corrida Family Run

Marquei ortopedista especializado e fui diagnosticada com Síndrome de bandelete ilio-tibial, com um nome desse pensei que estava quase perdendo a perna. Na verdade é uma coisa bem simples, o músculo lateral da coxa inflama e começa a incomodar ao tocar o tendão do lado de fora do joelho. Se dói? MUITO! Durante a corrida dói um pouco e fica pior no dia seguinte, eu passava cerca de 2 dias após os treinos sem conseguir dobrar ou esticar a perna rapidamente e pra dormir era um inferno.

A causa desse problema é esforço grande e contínuo e/ou pisada muito pronada. Com esse conhecimento sobre a pisada passei a prestar mais atenção na forma como eu piso no chão com o pé esquerdo e realmente é MUITO pronada (pé virado pra dentro). Os treinos então se transformaram de simples corridas de resistência em reeducação na pisada do pé esquerdo. Concentração total e cada pisada forçando o pé da forma mais correta possível. FUNCIONOU! No dia seguinte a dor foi de apenas 10% do que eu sentia antes e com as compressas de gelo foi só uma questão de tempo pra recuperar minha segurança.

Corrida Family Run

Kit da corrida: Camisa, número de peito, chip de tênis, medalha pra quem concluiu a prova e lanterna de cabeça.

Apesar de todo o meu esforço, chegou o dia da corrida e eu ainda não tinha conseguido fazer 10km nos treinos, o máximo que consegui foi 9km morrendo, mas eu sou brasileira e não desisto nunca, rs. No dia da corrida, milhões de compromissos pra “ajudar a atrapalhar” e pra completar a empresa responsável por organizar a Family Run é totalmente desorganizada e colocou o dia de buscar o kit no mesmo dia da prova (geralmente é 1 à 2 dias antes) e mudou o horário de largada das 20 pras 18 horas. Me atrapalhou toda e precisei chegar lá às 16:30 e esperar 2 horas pra largada porque ATRASOU! Nunca tinha participado de uma corrida que tivesse atrasado a largada.

Corrida Family Run

Enquanto a corrida não começava tirei essa foto no pódio 🙂

Finalmente conseguimos largar às 18:30, pouca gente, pouco tumulto, percurso péssimo, pelo menos sem muita ladeira. Corri 7km num ritmo bom, diminui sem parar de correr por 2km e voltei no ritmo máximo no último quilômetro. Concluí a prova e fiz 10km sem caminhar, contrariando a minha pouca fé em mim mesma. Me surpreendi e fiquei super feliz em ter conseguido, realmente foi uma superação. No dia seguinte, sem dores no joelho \o/

Corrida Family Run

Medalha \o/

Gravei a corrida no Sport-Tracker, link aqui.

Percurso: 10km
Tempo: 01:05:16

Juliana Urquisa Postado por Tags:
2 Comentários
03 dez 2015

6 Dicas para começar a academia

As pessoas sempre me pedem dicas de como começar a malhar e eu tento resumir em poucas palavras, mas sempre deixo algo passar, decidi fazer essa pequena lista com alguns itens que me ajudaram muito e podem ajudar vocês também. Lembrando que não sou profissional de educação física e nem nutricionista, mas se tiverem dúvidas podem perguntar nos comentários que corro atrás da informação com profissionais e respondo.

academia

Todas as dicas foram escritas de forma bem pessoal e baseadas apenas em experiências próprias.

1. Escolha um horário

Essa história de que você não tem tempo pra malhar na maioria das vezes é apenas falta de organização do mesmo. Pegue um papel, organize seus horários e encaixe a sua academia, faça daquela hora uma fulga e nunca falte. Mesmo se estiver doente? Sim! Claro que depende da doença, rs. Mas uma gripe, resfriado ou dor de cabeça leve não devem te impedir de treinar, pois acredite, os sintomas vão diminuir ou desaparecer quando os hormônios começarem a ser liberados no seu corpo através do exercício físico. Vai te ajudar a melhorar. Quanto mais a gente falta, menos coragem dá de voltar pros treinos, evite!

2. Supere os 3 primeiros meses

Por experiência própria, os 3 primeiros meses são os mais difíceis e você precisa fazer de TUDO pra ultrapassá-los. Desde a minha adolescência que eu tenho treinar sério na academia, mas nunca conseguia passar dos 3 meses e descobri que isso é uma maldição, hahaha! Quando decidi fazer academia há uns 5 anos eu fiz como uma obrigação, como se fosse o meu trabalho. Eu nunca falto o trabalho, certo? Exceto em caso de doença de verdade, mas não existe preguiça, tenho que levantar e ir e foi isso que fiz com a academia. As vezes me jogava da cama e ia engatinhando pro banheiro e ligava o chuveiro frio na minha cabeça pra poder acordar! Depois de superados os 3 meses, a academia fará parte da sua rotina e a obrigação dará lugar a satisfação.

3. Troque de ficha

É normal ficar desanimado e perder o ritmo depois um tempo na academia e a solução pra isso é trocar de treino de 3 em 3 meses mais ou menos, depende de cada pessoa. Se você sentir que está desanimado, peça uma ficha nova, mesmo se ainda não tiver chegado nos 3 meses. Converse com seu instrutor e modifique o treino pra dar um gás.

4. Supere seus limites

Independente do seu foco (ganho de massa, definição, emagrecimento, etc) procure superar seus limites. Existe um prazer imenso em ir além, nos torna mais confiantes e melhora nossa auto estima. Tente aumentar os pesos gradativamente, um pouco a cada semana, mas respeite seus limites. Nada de peso de fisioterapia, tem que suar, apenas no começo pegue leve, principalmente nos primeiros dias. Na academia mexemos músculos que praticamente não usamos no dia a dia, o dia posterior é bem tenso, sentimos doer partes do corpo que nem imaginávamos que existiam, hahaha! Isso é só na primeira semana, depois aumente os pesos e se supere 😉

5. Divida por partes

Pense em etapas, não espere resultados rápidos em 1 semana ou 1 mês. Não espere nada, a não ser o seu bem estar, saúde e desenvolvimento físico e mental. Tente estar melhor a cada semana, um pouco de cada vez. Quando você menos esperar vai olhar pro espelho e ver aquele músculo definido. Se ficar procurando todos os dias algum resultado, vai ser impossível notar quando eles aparecem. Tirar uma foto por semana, todas as segundas de manhã em jejum ajuda muito no foco, pois você não vai querer faltar nenhum dia ou semana pra estar melhor na próxima foto 😉

6. Faça avaliação física

As academias dispõem de avaliação física e sugerem que seja feita com intervalo de 3 à 6 meses. A avaliação é importante pra verificar o que você precisa e se os resultados foram os esperados para então ajustar o treino. Acompanhamento nutricional também ajuda bastante se você não estiver conseguindo alcançar seus resultados apenas com o exercício físico. Caso você esteja com o peso muito alterado, melhor procurar um clínico geral pra fazer os exames de taxas antes de começar a malhar.

******************************

Muitas pessoas pensam que estão acima do peso ou abaixo do peso e querem mudar, mas o peso é uma coisa muito subjetiva, não é indicativo de saúde. Se você quer malhar porque gosta, porque tem vontade, tudo bem, apenas não tente mudar tendo em vista as outras pessoas, pense em si mesmo. Vida sedentária não faz bem pra ninguém e existem vários tipos de atividade física, alguns se adaptam à musculação, outros preferem esportes. É normal a gente tentar se encontrar e ir fazendo um pouquinho de cada, isso não é “desistência” e sim a gente tentando se encontrar 🙂

Fiz essa lista baseada no que aconteceu comigo. Escolher um horário e fazer disso uma obrigação foi o que mais pesou e me fez continuar. Trocar de ficha quando eu estava desanimando também, porque quando passamos certo tempo com uma ficha os músculos param de doer e a gente acha que não tá funcionando muito (mas continua funcionando, eles apenas se “acostumam”). Trocar a ficha de exercícios faz com o que o músculo volte a dar aquela “dorzinha” no dia seguinte e isso estimula.

Espero que minhas dicas ajudem quem estiver precisando e qualquer dúvida podem colocar nos comentários 😉

Juliana Urquisa Postado por Tags:
5 Comentários
27 nov 2015

Compras na Natue – Snacks, Chá e Creme de Avelã

Esse mês fiz a minha primeira compra no site Natue, loja especializada em produtos naturais e saudáveis. As minhas colegas de trabalho vivem comprando lá e eu já conhecia a qualidade e eficiência da Natue. Ganhei um voucher de R$ 50,00 e comprei bastante coisa. Os preços da loja são ótimos!

Snacks

Toda terça-feira eu pedalo com meu marido num grupo e o pedal tem duração de 2:30 com 15 minutos de intervalo na metade do percurso. Nesse descanço eu sempre faço um lanchinho rápido, leve e energético, pois o exercício é bem puxado. Escolhi 2 tabletes no sabor goiaba e banana e uma caixa de barras de cereal da Jasmine. Esses snack’s são uma mão na roda pra essa minha necessidade, sem falar que são super gostosos!

natue002
natue003

A foto abaixo foi na pausa do pedal. Sempre carrego comigo um mix de sementes (nesse dia levei amendoim, castanha de caju e paçoca) e agora estou levando algum dos meus snacks comprados na Natue.

Snack

Chá

Eu sou apaixonada por chá, ainda mais quando vem numa latinha super fofa como essa. Esse chá é orgânico de capim limão, melissa e maracujá. Ele ajuda a relaxar e na insônia leve. Adoro tomar à noite lendo um bom livro pra ajudar a dar sono.

natue001

Creme de Avelã

Tenho várias de receitas da famosa “nutella” (nutella leva leite, por isso não posso comer), mas falta tempo e coragem pra fazer, então aproveitei a oportunidade de pegar um creme de avelã de boa qualidade pra provar. Não deixa nada a desejar, o sabor é incrível, delicioso! Gosto de comer no café da manhã com torrada e suco, ou no pão assado no jantar.

natue004

Caixa de Barra de Cereal Jasmine: Compre aqui!
Tablete sabor Banana: Compre aqui!
Tablete sabor Goiaba: Compre aqui!
Chá Orgânico Tribal Brasil: Compre aqui!
Creme de avelã: Compre aqui!

A Natue está participando da Black Friday com descontos de até 70%! Corre lá no site pra aproveitar os preços!

1200x627_02

Juliana Urquisa Postado por Tags:,
2 Comentários
26 nov 2015

Corrida Track & Field

Essa corrida foi em julho e ainda não tinha postado por aqui! Esse ano eu decidi não gastar tanto com corridas (as inscrições geralmente são caras) e investir meu dinheiro em outras coisas (meu apê), por isso tivemos poucos posts sobre elas no blog. O Shopping Recife fez uma promoção no instagram e eu ganhei a inscrição pra Track & Field Run! Que sorte, heim 😀 Fiquei super feliz em ser premiada e mesmo sendo uma corrida pela manhã (odeio kkk) e sem estar tão bem preparada, me inscrevi pra 10km. Já que a inscrição foi grátis, quis ultrapassar meus limites e sair da linha de conforto dos 5km.

Corrida Track & Field

A empresa de massagem terapêutica Joelma Silma colocou um stand para os corredores. Depois de correr decidi enfrentar a fila quilométrica (esperei 1 hora), mas valeu a pena! Gente que delícia, nunca tinha feito massagem focada em atletas. Eles trabalham muito bem, forçam as articulações, vão exatamente onde estamos precisando. Excelente! Pena que não tem aqui em Recife 🙁 Eu faria 1 massagem dessa por mês fácil xD

Corrida Track & Field

Achei a corrida um pouco desorganizada e o percurso horrível, fazendo a ida e volta pelo mesmo caminho. Bom mesmo é fazer um percurso com uma grande volta (tipo um círculo, retângulo, etc) onde o corredor não passe pelo mesmo lugar duas vezes. Além disso tinha um viadulto gigante tanto na altura como na distância nesse percurso, tivemos que passar por ele duas vezes! Sem falar no sol extremamente quente. Consegui correr 8km direto e então precisei caminhar por 2 minutos pros batimentos cardíacos diminuirem, voltei a correr e concluí sem precisar caminhar de novo.

Corrida Track & Field

O meu resultado oficial não saiu no site, entrei em contato com a equipe umas 500 vezes e não resolveram! O resultado oficial tem informações sobre sua classificação por faixa etária, sexo e total e sobre seus tempos bruto, líquido e de pace. Isso nunca tinha acontecido comigo antes, totalmente desorganizado… Ainda bem que marquei a corrida pelo aplicativo Sports-Trackeraqui.

Percurso: 10km
Tempo: 1:11:28

Juliana Urquisa Postado por Tags:
3 Comentários
15 jun 2015

Night Run 2015 – Etapa Fogo

No dia 16 de maio aconteceu a etapa Fogo da corrida Night Run em Recife, com percursos de 5 e 10km. Essa é uma corrida bem famosa no país e acontece em diversos estados. Ano passado teve as etapas Júpiter e Marte e eu fui pras duas, esse ano as etapas têm os temas Fogo e Água.

Corrida Night Run Etapa Fogo Recife

Após a corrida, já com a medalha

Me inscrevi nos 5km (preciso perder esse medo dos 10km) e muitos amigos de trabalho foram também. Nesse meu emprego novo tem muitos corredores! Cheguei em cima da hora pra largada e tive que correr pra pegar o chip e organizar a GoPro no tórax. Filmei a corrida inteira com um acessório elástico que deixa ela presa no peito. A filmagem ficou bem legal, mas tenho problemas com a edição por falta de experiência, espero conseguir publicá-lo um dia, rs…

Corrida Night Run Etapa Fogo Recife

Palco com o pódio e vários telões

A corrida foi excelente, super organizada, ponto de hidratação na metade do percurso e muita animação! A proposta da etapa Fogo foi seguida e tinha telão com explosões, paredão com bombeiros e incêndio pra tirar foto e malabares com fogo (tinham bombeiros de verdade no evento pra fazer a segurança). Um super evento, bem caro, mas que vale a pena! A etapa Água ainda não tem data marcada pra Recife, mas deve acontecer em novembro.

Comprei o kit básico que continha uma camisa de manga, bolsa térmica, luminoso de tênis e medalha (entregue na conclusão da prova).

Corrida Night Run Etapa Fogo Recife

Recebemos e-mails e informativos na fanpage da corrida que o acesso ao cordão de largada só seria permitido para atletas com a camisa e número no peito, é uma forma de barrar quem corre na “pipoca” (sem se inscrever), mas na hora todo mundo entrou no cordão e correu do mesmo jeito. Faz tempo que não corro na pipoca, porque essas corridas têm muita gente e tudo é complicado. Tem empurrão, aperto, dificuldade de estacionar (geralmente colocamos o carro bem longe e temos que chegar com bastante antecedência por causa da caminhada), o trânsito é fechado por perto, então eu prefiro correr numa praça ou na orla em vez de ir na pipoca.

Percurso: 5km
Tempo: 00:32:57

Juliana Urquisa Postado por Tags:
6 Comentários
27 abr 2015

3ª Corrida e Caminhada Hospital Pelópidas Silveira

3ª Corrida Pelópidas Silveira

Ontem aconteceu a 3ª Corrida e Caminhada Pelópidas Silveira, uma corrida realizada pelo HPS com o objetivo de divulgar entre os funcionários e a população a importância da atividade física no dia a dia. A inscrição foi gratuita, bastando doar dois potes de vidro com tampa de plástico pro banco de leite materno do IMIP. Eu me comprometi a não correr mais de manhã por causa do calor e desgaste físico, mas quando soube dessa corrida e de sua causa não tive dúvidas e me inscrevi!

3ª Corrida Pelópidas Silveira

Aquecimento

3ª Corrida Pelópidas Silveira

Quase chegando, finalmente \o/

Com uma quantidade limitada de vagas conseguiu ser mais organizada do que muitas pagas, a corrida teve uma grande quantidade de patrocinadores. Uma tenda foi disponibilizada aos participantes onde poderiam receber informações sobre hábitos de vida saudável e fazer diversos procedimentos clínicos simples que ajudam no conhecimento do seu corpo, além de bastante água e frutas antes, durante e após o percurso.

Poucas corridas dão água a cada quilômetro, geralmente existe ponto de hidratação na metade, mas na corrida do HPS havia água abundante! Pessoas simpáticas dispostas a ajudar, um aquecimento de fazer inveja às melhores corridas, tudo de primeira.

3ª Corrida Pelópidas Silveira

Medalha de participação

Foi a primeira vez que participei do evento e fiquei extremamente feliz em prestigiar uma corrida que propõe a divulgação da vida saudável e a prática da atividade física para a população, além de ajudar no banco de leite de um hospital que auxilia tantas mães e crianças. Estarei nas próximas!

Tempo: 00:45:17
Percurso: 6,8km (um pouco mais do que informado, foi um desafio!)

Juliana Urquisa Postado por Tags:
8 Comentários