31 mar 2016

Receita de Esfirras de Soja

receita de esfirras de soja

Fiz essas esfirras há algumas semanas e ficaram maravilhosas! Eu morro de medo de preparar massas porque já tive experiências traumáticas de jogar fora muitos ingredientes pois simplesmente a massa não prestou, então se eu trouxe essa receita pode confiar que ela é maravilhosa e muito fácil. Além disso trouxe uma dica pra verificar se realmente o fermento está funcionando. Aprendi um dia desses numa aula de massas que nem sempre o fermento seco está ok, então pra gente não estragar quilos de ingredientes o ideal é fazer um teste e só então adicionar os demais ingredientes e prosseguir a receita. Essa dica é o passo 1 do modo de preparo da massa 😉




Ingredientes do Recheio

1 xícara de chá de PTS* fina clara
1 dente de alho pequeno
1/2 cebola
1 tomates
Suco de 1 limão
Cominho, pimenta do reino ou branca, sal e outros temperos a gosto.

receita de esfirras de soja

Modo de Preparo do Recheio

1. Leve a PTS numa panela com água por 5 minutos em fogo médio, depois coloque a pts numa peneira e escorra bem lavando até que a água saia clara, esprema bem até sair todo o excesso de líquido e reserve;
2. Pique a cebola, o tomate e o alho, coloque a cebola e alho numa panela com azeite até a cebola ficar transparente, então adicione o tomate e espere alguns minutos para ele soltar um pouco de molho;
3. Adicione a PTS e misture bem, adicione o limão e os temperos, prove e acerte o sal. Deixe refogar por alguns minutos para a PTS absorver os temperos;
4. Coloque a PTS em uma peneira ou escorredor sobre uma panela, esprema bem para sair o excesso de líquidos e deixá-la sequinha. Deixe por pelo menos 1 hora na geladeira (é pra drenar o excesso de líquido mesmo e também funciona como marinada). Ao final, jogue fora o líquido, misture novamente o recheio e corrija o sal se precisar.

Enquanto a PTS está na geladeira comece a preparar a massa.

receita de esfirras de soja

Ingredientes da Massa

1 xícaras de água morna
1/4 xícara de óleo
1 colheres de sopa açúcar mascavo
1 colher de sobremesa sal
3 xícaras de chá farinha de trigo branca
1 sachê de fermento biológico seco instantâneo

receita de esfirras de soja Esfihas de Soja Veganas

Modo de Preparo da Massa

1. Misture a água morna, 1/2 xícara de farinha de trigo e o fermento numa tigela, misture e deixe o fermento agir por 10 minutos ou até começar a borbulhar;
2. Adicione o restante dos ingredientes, menos a farinha de trigo que deve ser adicionada aos poucos até obter a consistência desejada, talvez precise de um pouco mais de farinha ou menos. A massa deve ficar lisa e elástica. Deixe crescer até dobrar o volume.
3. Abra a massa até ficar com meio centímetro de espessura e corte as bases das esfirras com copo ou cortador redondo (use um copo com a boca larga).
4. Coloque 1 colher de sopa rasa de PTS nos círculos e feche formando um triângulo na parte superior da massa. Não precisa passar água nas bordar para colar, basta juntar e apertar com os dedos;
5. Coloque em forma enfarinhada (não é pra untar, só polvilhe com farinha);
6. Pincele com uma mistura feita com 2 partes de catchup, 1 de shoyu, 1 de melado e 5 de água e deixe crescer por mais ou menos 20 minutos;
7. Asse em forno médio pré aquecido até cozinhar a massa (ainda macia, mas cozida), tomando cuidado pra que não fique dura. No meu forno levou 30 minutos para ficarem prontas. Fure com um gargo após ns 20 minutos de forno para verificar a textura da massa.

receita de esfirras de soja
Antes de ir pro forno pinceladas com a misturinha do passo 6.

Só de olhar essas fotos já me dá vontade de fazer de novo, pena que dá um pouco de trabalho pra poucos minutos de comilança, rs. Rendeu cerca de 22 esfirras médias e deliciosas

* PTS: Proteína texturizada de soja. Encontrada em super mercados de grande porte.

Receita adaptada do VegVida.

3 Comentários
30 mar 2016

Umectação com Óleo de Coco Babaçu

Óleo de Coco Babaçu Phytoterápica

Semana passada eu contei que comecei a fazer um cronograma capilar pra recuperar meus cabelos e falei sobre hidratação, hoje eu vou contar a segunda etapa desse cronograma que é a umectação.




O que é umectação e para quê serve?

Primeiramente vamos falar sobre o que é umectação, pois acredito que assim como eu, algumas pessoas ainda não conheçam essa técnica. Umectar é basicamente umedecer alguma coisa, cabelo ou não, essa técnica milenar vem sendo passado de mãe para filha e teve início na Índia. Deve-se usar óleos vegetais puros como azeite extra virgem, óleo de coco, óleo de girassol, óleo de abacate, etc. O processo deve ser feito com os cabelos secos e permanecer com os cabelos umedecidos no óleo durante pelo menos 8 horas, por isso se orienta que seja feito antes de dormir e removido pela manhã. Serve para fortificar os fios, hidratar de forma mais eficaz os cabelos secos, ajudar no crescimento e dar brilho.

Óleo de Coco Babaçu Phytoterápica

Quando os meus cabelos começaram a mudar na adolescência, eles se tornaram secos e quebradiços e nada funcionou até hoje. A umectação é uma forma mais drástica de hidratar cabelos extremamente secos, portanto eu não faria se tivesse cabelos oleosos. Escolhi o óleo de coco babaçu que recebi na VeggieBox de julho e ele está na metade. A embalagem é pequena, 60 ml, mas pra quantidade que uso na umectação é o ideal, rende bastante. Esse óleo é super versátil e pode ser usado de várias formas como filtro solar, prevenção de rugas e estrias e muito mais.

Como eu faço umectação nos meus cabelos

O cabelo não precisa estar limpo, porque o óleo não entra nos fios, é um tratamento totalmente externo e a sujeira dos fios não interfere na eficiência do óleo. Algumas meninas preferem fazer nos cabelos limpos e é importante que cada uma teste e faça do seu jeito. Faço a umectação com o cabelo sujo antes de dormir. Prendo em um coque todo o cabelo em cima da cabeça e vou separando mexa por mexa começando por baixo, coloco um pouco de óleo na mão esquerda, esfrego pra espalhar nas duas mãos e passo em cada mexa, repetindo o processo sempre que achar que preciso de mais óleo nas mãos. Quando todo o cabelo está coberto de óleo, e isso é uma quantidade apenas para umedecer e não pingar, coloco um pouco nas pontas dos dedos e esfrego na raiz fazendo movimentos circulares massageando o couro cabeludo. Coloco uma touca plástica de banho e durmo. No dia seguinte lavo os cabelos com shampoo quantas vezes forem necessárias até sentir que todo o óleo foi removido. A quantidade de vezes vai depender de quão seco o meu cabelo estava. No começo apenas 2 lavagens eram suficientes porque meus fios estavam muito ressecados, hoje que eles já estão mais bem cuidados preciso de 3 lavagens com shampoo. Uso condicionador normalmente e removo.

Meus cabelos estão brilhosos e não é algo que apenas eu notei, ando recebendo muitos elogios sobre o brilho e leveza dos meus fios, coisa que não acontece há anos.

Óleo de Coco Babaçu – 60ml (R$ 21,00 na Phytoterápica)

Sobre o Óleo Vegetal de Coco Babaçu

O nome origina-se do tupi-guarani, “ba”significa “fruto” e “açu” significa “grande”, formando a expressão “Grande fruto”. “Orbignya”, em homenagem ao paleontologista e explorador francês Alcide Charles Victor Marie Dessalines d’Orbigny.

A palmeira do coco babaçu destaca-se entre as palmeiras encontradas no Brasil pela sua peculiaridade, graça e beleza de sua estrutura, pois suas folhas mantêm-se em posição retilínea, orientando-se para o alto, tendo o céu como sentido, dando-lhe uma aparência bem altiva. Nativa do Norte do Brasil, do babaçu tudo se aproveita, da folha, faz-se telhado para as casas e artesanato, do caule, adubo e estrutura de construções, da casca do coco, carvão para alimentar as caldeiras da indústria, do mesocarpo, usa-se na nutrição infantil, da amêndoa obtêm-se o óleo, que pode ser usado na alimentação, na cosmética, na fabricação de sabão e mesmo na produção de combustível. O óleo de babaçu ainda é extraído de forma artesanal pelas “quebradeiras de coco”, que são mulheres e crianças, que quebram o coco na pedra, ou com um machado. Cada trabalhadora extrai de mil cocos cerca de 13 kg de amêndoa. Em seguida, as amêndoas são trituradas em um pilão. O óleo de coco babaçu, assim como os outros óleos de coco, diferenciam-se dos outros óleos por conterem ácidos graxos saturados de cadeia média, principalmente o ácido láurico encontrado no leite materno, que é bactericida, fungicida e antivirótico. Por não rançar facilmente, é ótima opção para cozinhar, pois pode chegar a temperatura de 180ºC sem oxidar, além do que conserva-se por longos períodos.

Formas de Uso

Saúde: Artrite e artrose, herpes, candidíase.
Pele: Hidratação, proteção dos raios UV, rugas, prevenção de estrias, marcas e manchas.
Cabelos: Filtro solar, hidratação e maciez, revitalização e nutrição, prevenção de caspa e piolhos.

Precauções

Não existem contraindicações para seu uso externo. O consumo excessivo pode causar diarreia, enjoo e mal-estar, que cede com a diminuição da ingestão.

Estou super feliz com os resultados e indico pra quem tem cabelos secos e opacos esse tipo de tratamento. Usem um bom óleo vegetal puro e me digam o que acharam!

Juliana Urquisa Postado por Tags:,
7 Comentários
29 mar 2016

Look do Dia – Saia de Panda + All Star

Fotografar esse look foi uma confusão, mas finalmente após 3 tentativas consegui! Essa é outra peça que tenho com estampa de pandas que comprei na Renner no final do ano passado, já postei look do dia aqui com o macacão fofo de mesma estampa. Ah, primeira vez mostrando o cabelo novo por aqui, gostaram? 😀




Look do dia - Saia de Panda + All Star

Decidi ficar de óculos, sou míope e uso pra tudo e como nunca tinha tirado look do dia com ele achei legal mostrar 🙂 Essa blusa básica preta combina com tudo e já virou segunda pele, hahaha. Acho que essa saia ficaria ótima com um cropped branco soltinho, estou à procura de um e confesso que nunca usei, por isso demorei tanto pra correr atrás, ainda não sei se vou me acostumar com um cropped e se um dia eu comprar trago pra mostrar como ficou.

Look do dia - Saia de Panda + All Star

Ganhei o all star branco de tecido de uma grande amiga no amigo-secreto do ano passado Só tenho pena de usar porque ele suja muito 🙁

Look do dia - Saia de Panda + All Star
Look do dia - Saia de Panda + All Star
Look do dia - Saia de Panda + All Star

Dessa vez quis inovar no cenário e fui procurar algum lugar pra fotografar na área embaixo do prédio, mas não achei muito bacana, o que vocês achara? Saudades da minha estante de livros de fundo, rs. Os detalhes nas fotos abaixo foram fotografados no apartamento antes de descer.

Look do dia - Saia de Panda + All Star
Look do dia - Saia de Panda + All Star

Saia: Renner | Blusa: Renner | Bolsa: Ebay

E aí, curtiram? Usariam? Me fala aí nos comentários 😉

Juliana Urquisa Postado por Tags:
5 Comentários
28 mar 2016

Você Precisa Conhecer a Loja Dez Dedos Pratas do Mundo




Sou apaixonada por prata desde que me entendo por gente e sempre preferi acessórios em prata do que em ouro, combinam mais comigo e com o meu estilo. Não tenho muita coisa ainda, mas é algo que vivo querendo sempre mais e tento comprar aos poucos um pingente aqui, um anel ali, muitas vezes até pegando emprestado da minha mãe (que tem cada coisa LINDA em prata) e devolvendo depois (com bastante dificuldade, rs).

loja dez dedos pratas do mundo
Após a limpeza.

Minha mãe me deu um produto pra limpar pratas chamado Kaol e ontem dei uma limpeza geral, incrível como estavam sujas e escuras! Dizem que a prata absorve a energia negativa em nós ou lançada para nós, como um escudo, não sei se é verdade, mas as minhas pratas ficam escuras muito rápido e sempre procuro usar alguma peça de prata quando vou pra rua.

loja dez dedos pratas do mundo
Olha como meu pingente estava sujo.

Descobri uma loja maravilhosa em Recife chamada Dez Dedos e venho namorando todas as peças que postam nas redes sociais. Pulseiras, tornozeleiras, brincos, além das roupas e peças únicas de todo o mundo de vestuário e decoração. Realmente é uma loja diferenciada na cidade e o melhor é que fica bem centralizada numa galeria super fofa do Pina, a Joana D’arc. Você também encontra produtos de limpeza pra cuidar das suas pratas sem danificá-las e pode obter várias dicas de como mantê-las bonitas e brilhosas por mais tempo com a equipe bem preparada e atenciosa de lá.

Estou de olho nos anéis com palavras, tornozeleiras (sonho de consumo antigo) e pulseiras com elefantes, mas lá tem itens pra todos os gostos e com certeza você vai encontrar algum que se encaixe direitinho com a sua personalidade. Tem coisa melhor do que transparecer a nossa essência no que a gente veste e usa? Eu adoro e fico mais feliz ainda quando consigo fazer isso de forma simples e sem gastar muito, rs. Por isso preparamos uma excelente promoção de parceira entre o blog Um Café e Um Amor e a loja Dez Dedos!

Te convido a conhecer a loja Dez Dedos na Galeria Joana D’arc no bairro do Pina e te desafio a sair com as mãos vazias com esse super desconto válido até o dia 30 de abril, 20% de desconto nas compras à vista ou parcele em até 6x em qualquer cartão de crédito!

loja dez dedos pratas do mundo

É necessário a apresentação da imagem acima para validar o desconto no caixa. Tire um print screen com o celular ou imprima e mostre para o(a) vendedor(a).
Promoção válida até o dia 30 de março de 2016.

Vejam algumas fotos dos produtos e já vão pensando no que vão querer Vou fazer minha visita por lá pra aproveitar a promoção e depois trago os itens que escolhi pra vocês verem 😀

loja dez dedos pratas do mundo loja dez dedos pratas do mundo
loja dez dedos pratas do mundo loja dez dedos pratas do mundo

loja dez dedos pratas do mundo
Facebook | Instagram

Dez Dedos – Pratas do Mundo
Av. Herculano Bandeira, 513, Galeria Joana D’arc
Pina, Recife – PE
(81) 98302-4372

Juliana Urquisa Postado por Tags:,
5 Comentários
27 mar 2016

Você anda criando oportunidades?

Você anda criando oportunidades?

PARANDO PRA PENSAR sobre oportunidades

Certa manhã a campanhia tocou. Fui atender e à frente do portão estava um senhor de boné, bermuda jeans, calçado de galocha (com meias) ao lado de uma carroça feita com uma geladeira velha a qual a porta foi arrancada, com um eixo passando por baixo e um par de rodas de carro com pneus carecas. Ele olhou pra mim e, em seguida, pro jardim em frente de casa, meio que me “obrigando” a concordar com ele que a grama estava gigante, que o jardim estava horroroso, mal cuidado e sugeriu: “- Quer que ajeite? Eu ajeito… Vai ficar, oh, lindo!”. Eu lhe respondi: “- Não, não precisa. Obrigado!”. Ele aceitou a negativa, seguiu e eu fechei o portão.




Comentei sobre o que aconteceu com minha mãe, já pensando que talvez fosse uma boa ideia. E rapidamente concordamos que, de fato, o jardim estava  parecendo a floresta amazônica e que precisava de um cuidado. Volto para frente de casa e avisto o senhor já um pouco distante e vou atrás dele. Pergunto por quanto ele faria o trabalho e ele me responde, entusiasmado com a OPORTUNIDADE. E eu: “- Beleza. Então, vamos lá. Quero ver se vai ficar bonito mesmo, hein?!”, pergunto meio que cobrando carinho pelo trabalho.

E ai, parando pra pensar, surgiu a sacada: a oportunidade é você quem cria, é você quem toca na campanhia e chama a oportunidade. PRA TUDO, não apenas no contexto profissional. Se aquele senhor ou qualquer outra pessoa não tivesse tocado a campanhia e tivesse “vendido o seu peixe”, fazendo acreditar que seria uma boa ideia ter alguém que cuidasse do jardim naquele momento, além de mim e dos meus pais, ou em épocas que não tivéssemos tanto tempo ou disposição para tal, jamais a oportunidade haveria se concretizado.

Pois bem, o rapaz podou tudo, colocou fertilizante, foi extremamente simpático e educado. E, diante disso, pensamos que também seria bom ajeitarmos uma parte das plantas que ficam do lado de dentro de casa. Uma OPORTUNIDADE gerando outra OPORTUNIDADE.

MORAL DA HISTÓRIA: as oportunidades que você cria te dão a possibilidade para que apareçam outras oportunidades, a depender do QUE e COMO você fez com a primeira oportunidade que te foi oferecida.

E como você faz é todo o segredo. Ele poderia ter feito de qualquer jeito. Mas tenho certeza que ele fez o melhor. É o que o Mário Sérgio Cortella diz no seu livro “Qual é a tua obra?” em relação ao “melhor” e ao “possível”. Tipo: você leva seu carro com problema na oficina e o mecânico pode te dar duas respostas: “vou fazer o possível, ok?” ou “vou fazer o meu melhor, ok?”. Qual dos dois você prefere? Se fosse pra fazer o possível, eu mesmo faria. Se deleguei para alguém que se propõe a fazer isso é porque eu espero, no mínimo, que se faça o melhor.

E esse melhor não quer dizer que o cara tem que ser o melhor de todos os tempos ou melhor que qualquer outra pessoa. Refiro-me AO MELHOR DELE, O MELHOR QUE ELE PODE SER dentro de um determinado contexto, com os recursos disponíveis. É isso que to falando: fazer o seu melhor com o que há disponível, dentro das possibilidades do aqui e do agora.

E assim, ao final de tudo, pagamos SATISFEITOS, retribuímos a educação e o respeito, elogiamos o serviço (valorização! reforçar positivamente! isso é importante! isso motiva!), pegamos o contato do cara e já deixamos meio que “virtualmente pactuado” uma próxima oportunidade.

E aí, anda criando oportunidades, anda “tocando nas campanhias”, anda fazendo o seu melhor? Se não, é bom parar pra pensar

Rafael Urquisa Postado por Tags:
3 Comentários
25 mar 2016

Receita: Brownioca de Frigideira

Brownioca de Frigideira da La Luisité

Acabou de acordar e já está sonhando com o chocolate da páscoa como eu? Hahaha! Essa receita de brownioca da Luísa do blog La Luisité vai começar bem seu feriadão. Super fácil e com ingredientes que geralmente temos em casa, e também tranquilos de serem substituídos. Troque o cacau em pó pelo achocolatado que você tiver em casa, o açúcar mascavo pode ser substituído por qualquer açúcar ou até mesmo melado de cana, azeite pode entrar no lugar do óleo de coco e chia em vez da linhaça (ou qualquer outro substituto do ovo). O negócio é você não ficar na vontade ;D




Ingredientes

2 colheres (aquelas grandes de arroz) de tapioca pronta para consumo
3 colheres de sopa de cacau em pó
3 colheres de chá de açúcar mascavo
1 colher de chá de linhaça
1 colher de sopa de óleo de coco
Cerca de 1/3 de xícara de água ou leite vegetal

Modo de Preparo:

1. Coloque a linhaça para hidratar em 3 colheres de sopa de água mineral por pelo menos 10 minutos;
2. Misture os ingredientes secos;
3. Adicione os ingredientes líquidos e adicione um pouco da água, mexa bem até obter uma massa homogênea mais puxada pra líquida. Vá adicionando água aos poucos até obter a consistência;
4. Aqueça uma frigideira anti-aderente e coloque a massa, espere assar bem de um lado, vire com cuidado e asse do outro lado. Está pronta!

Brownioca de Frigideira da La Luisité

Coma apenas a brownioca ou acrescente hommus, geleia de frutas, creme de avelã ou algo à sua escolha. Eu adicionei hommus numa metade e geleia de framboesa na outra e ficou uma delícia!

Brownioca de Frigideira da La Luisité

Receita adaptada de La Luisité (tem vídeo!)

4 Comentários
24 mar 2016

Dica de filme: Tomboy

5aeb41b3ae06aac0181a72241882e8fa_jpg_290x478_upscale_q90Tomboy
Ano: 2011
Dirigido por: Céline Sciamma

No filme da diretora Céline Sciamma (Lírios D’Água), Laure é uma menina de dez anos, que muda de casa constantemente, em decorrência do trabalho do pai. Ao ir para uma nova residência ainda nas férias, ela faz amizade com uma grande turma de garotos da vizinhança, mas se apresenta como Mikael. Isso faz com que ela se aproxime de Lisa, a única menina do grupo. Não demora até que Lisa caia em amores por Mikael, mas as férias estão para acabar e Laure não sabe como fará para manter seu segredo.

Amo filmes franceses, eles tem uma aura doce e suave que me encantam. Esse filme poderia ser pesado e tenso, não sei se a culpa é dos franceses, mas ele é tão lindo e profundo que a gente nem sente o tempo passar e quando terminou fiquei meio desnorteada: Não é possível, mas e amanhã? Espero escrever algo à altura da beleza desse filme…

tomboy-1
Imagem: https://maniacosporfilme.files.wordpress.com

Laure é uma menina de 10 anos que se muda frequentemente e somos apresentados à última mudança de casa da família que é formada por pais amorosos, Laure e sua irmã mais nova. Laure prefere ficar em casa, mas com o tempo e a insistência da mãe decide sair pra conhecer as crianças da vizinhança e brincar. Desde o começo do filme vemos um casal de filhos, o mais velho e a mais nova e a relação delas com os pais e entre si. A dúvida é desfeita de forma nua e crua com Laure saindo do banho e conseguimos ver claramente que ela é uma menina. A questão é que se vê como menino, se veste como menino e tudo bem pra sua família. Como a vizinhança é nova e ninguém a conhece, ela analisa várias questões sociais e físicas entre ela e os outros garotos e se apresenta como Mikael, tendo essa identidade por alguns dias até que sua mãe descobre.




Os diálogos, as brincadeiras e o dia a dia das crianças é muito bem retratado, me deu uma saudade da minha época de criança e aqueles papos cheios de besteira, sem nenhuma preocupação As cenas são lindas, fotografia doce e nostálgica e há poesia em cada momento, cada olhar, cada palavra… Tem cenas que parecem que apenas “estão ali” e você fica olhando para aquele papel de parede parado no tempo, viajando naquele momento.

12
Imagem: http://www.guiadasemana.com.br/

Achei o final de uma poesia incrível… Desculpem, mas agora vem spoiler e não leiam se ainda não assistiram, mas peço que assistam e voltem aqui pra discutir comigo como interpretaram esse momento, ok?

[spoiler]
Quando a mãe descobre e a obriga a vestir um vestido e ir na casa dos colegas foi cruel, me deu raiva e fiquei com o coração na mão. Quando ela encurrala a filha perguntando: O que você quer que eu faça? Tem outra solução? Eu gritava no sofá: SIM!! Eu tenho!! E logo depois eu lembrava, não, Laure não tem uma solução porque ela é apenas uma criança… E foi isso que Laure fez, ficou calada…

A parte mais profunda foi ver Mikael correndo na floresta com um vestido por cima das roupas de menino: o conflito menino/menina ou a capa nasci menina, a sociedade quer que eu me vista assim, mas por dentro de verdade eu sou um menino.
[/spoiler]

tomboy
Imagem: https://tocadocinefilo.files.wordpress.com

É importante frisar que o filme não trata sobre sexualidade e nem homossexualidade, mas sim sobre transgênero. Uma história linda, profunda, suave e doce que todo mundo deveria assistir e se apaixonar. Tem na Netflix.

Juliana Urquisa Postado por Tags:
3 Comentários
23 mar 2016

Hidratação com Phytoervas e Cativa

hidratação com phytoervas e cativa

Cuidar dos cabelos nunca foi meu forte e esse ano isso mudou drasticamente, desde que vi esse post no Madly Luv sobre cronograma capilar, coisa que eu nem sabia da existência e comecei a segui-lo. Vinha fazendo escova definitiva no cabelo há uns 10 anos e desde o casamento decidi que não iria mais fazer, queria meu cabelo natural, mas isso só seria possível se eu mudasse meus hábitos e realmente me empenhasse em trabalhar bastante pra corrigir todos os erros que cometi com ele durante todo esse tempo.




Desde a adolescência, quando meu cabelo mudou de fibra e passei a prendê-lo sempre, comecei a ter atitudes que juntas contribuíram pra total desgraça dos meus fios. Quebrados, estáticos, um fio com raiva do outro, eles simplesmente não se uniam, rs. Comecei a fazer o cronograma capilar em janeiro e confesso que ainda não consegui largar a chapinha, pois é um vício de muitos anos e me acostumar novamente com a minha real aparência será um trabalho que vou me esforçar pra conseguir.

hidratação com phytoervas e cativa

Por enquanto estou fazendo apenas umectação e hidratação, porque ainda não tive tempo de procurar uma máscara reconstrutora, e somente esses dois já tem me ajudado MUITO. Nas primeiras semanas eu lavei o cabelo 2 vezes por semana, sendo uma fazendo a umectação e outra fazendo hidratação. Quando notei o cabelo menos seco e armado, passei a fazer 1 vez por semana alternando entre umectação e hidratação e lavando normalmente com shampoo e condicionador no meio da semana.

Estou usando essa máscara da Phytoervas Revitalização e Brilho e o óleo vegetal de girassol da Cativa Natureza. Sempre uso as máscaras de hidratação da Phytoervas, pois são fáceis de achar no supermercado, o preço é justo (em média R$ 20,00) e funcionam de verdade pra mim. Já usei várias, mas essa foi a que mais gostei. Recebi esse óleo vegetal na Veggie Box de abril do ano passado e venho usando algumas gotas na hidratação desde então, ainda não usei nem 1 dedo, rende muito e não deixa cheiro e nem oleoso.

hidratação com phytoervas e cativa

Como eu faço hidratação nos meus cabelos

Lavo o cabelo 2 vezes com shampoo, enxugo com toalha e separo 1 colher de sopa do creme adicionando algumas gotas do óleo vegetal, misturo bem e passo nos cabelos, deixo agir por 15 minutos e removo. É tão simples e funciona tão bem que eu nem sei porque eu não fazia isso antes. O resultado é um cheiro maravilhoso (esse creme é super cheiroso) que dura uns 2 dias, cabelos macios e brilhosos. Como meu cabelo é seco, o óleo ajuda bastante no brilho e movimento.

Esse óleo é incrível e tem muitas formas de ser usado, no corpo, cabelos e limpeza de pele, é 100% natural e prensado a frio. Nunca mais vai faltar aqui em casa E sobre a Phytoervas, como já falei anteriormente, só uso máscara dela e nem penso em mudar por enquanto.

Máscara capilar revitalização e brilho da Phytoervas (R$ 25,90 nas Lojas Rede)

A linha Phytoervas Revitalização e Brilho possui em sua formulação colágeno de origem vegetal extraído de levedura, que trata suavemente e revitaliza os fios, deixando o cabelo macio, hidratado e com muito mais vida. Para cabelos quebradiços e opacos.
Phytocomplex Cereais Integrais.
Sem sal, sem sulfato, sem corantes e sem parabenos.
Dermatologicamente testado.
Produto não testado em animais.

Resposta do SAC da Phytoervas encontrada no blog Sexta A Nova Segunda:
“Quanto ao seu questionamento nenhum dos produtos Phytoervas possui ingrediente animal. Também vale ressaltar que a empresa não realiza testes em animais… Nossos testes são realizados em locais específicos; e são In Vitro, e quando precisam ser testados em seres vivos, são feitos testes em seres humanos voluntários, ou seja, pessoas que conhecem a marca e querem contribuir com o lançamento de novos produtos.
Informamos ainda que os testes são realizados em laboratórios aprovados pela ANVISA – Agencia nacional de Vigilância Sanitária.”

Óleo vegetal de girassol Cativa Natureza (R$ 21,00 na Loja Cativa)

O uso do Óleo de Girassol é secular, conhecido por suas propriedades medicinais, usá-lo com frequência mantém a pele hidratada. Suas propriedades são mais concentradas quando as sementes são orgânicas, livre de agrotóxicos e gorduras saturadas. O rico teor de ácidos graxos ômega 6, é uma das alternativas mais saudáveis para a preparação de alimentos. Pelo alto teor de Vitamina E, leva vantagens no trato para pele, quando comparado com a manteiga de Karité e até mesmo o óleo de amêndoas. Usado regularmente, ajuda a prevenir danos nas células da pele decorrentes da luz ultravioleta, ou UVA. Suas qualidades como protetor natural também decorrem da presença das vitaminas D, C e A. Pesquisas demonstram que a o óleo de girassol possa ser usado para proteger a pele dos recém-nascidos prematuros, cuja pele é mais suscetível a infecções. Possui alto ter de ácidos graxos ômega 6, Apresenta elevada concentração de vitamina E, Previne a formação de cicatrizes e suaviza rugas e linhas de expressão, Rico em vitaminas D, C e A, Contém carotenoides, com ação regeneradora da pele, Ação hidratante, pode ser usado para corpo, rosto e cabelos.

Como vocês cuidam dos seus cabelos? Estou entrando nesse mundo esse ano e amando, os resultados são incríveis e estou super feliz. Se puderem me dar dicas nos comentários, iria me ajudar muito 😀 Estou pensando em trazer resenhas sobre os produtos que uso e amo e esse foi o primeiro post, espero que gostem!

Juliana Urquisa Postado por Tags:,
2 Comentários
22 mar 2016

Como estão os meus irmãos pets ♥

Meus irmãos pets

Fui na casa dos meus pais no último final de semana e aproveitei pra matar a saudade dos meus irmãos pets, claro! Esse será um post fotográfico muito fofo dos 3 amores da minha mãe, Maia, Bob e Mel. Vocês já conhecem eles, mas quem chegou agora e ainda não é só visitar a categoria Pets e se enturmar com essas gracinhas. Mel ainda tem medo de mim, mas ela foi a única que nasceu na rua (foi resgatada por uma ONG e adotamos em um evento) e nem imaginamos o que sofreu. Não forço nada, deixo ela no tempo dela, mas já ganhei algumas lambidas dessa vez




Fomos comprar algumas plantinhas e terra numa sementeira e quando chegamos foi uma festa! Muitos aromas e areia nova pra eles sentirem o cheiro, então já imaginam como foi, né? Hahaha! Maia seguia meu irmão pra todos os lados e por isso sempre tem um pé ou uma perna dele nas fotos dela, ela estava supervisionando tudo! Enquanto Bob e Mel passeavam sentindo o cheiro das novas plantas.

Meus irmãos pets
Todo mundo com um pedaço de terra catado do vaso.
Meus irmãos pets
– Faça tudo direitinho aí, viu humano!
Meus irmãos pets
Olhar 43
Meus irmãos pets
Mel e Maia e um pedaço de madeira amado.
Meus irmãos pets
Bob sendo fofo
Meus irmãos pets
Bob é super fotogênico 😀

Só de olhar essas fotos já me dá saudade e vontade de agarrar! Bob é sapeca e pula no colo, já Maia é manhosa e puxa sua mão por carinho, Mel é super carinhosa e dengosa, mas morre de medo de estranhos, só confia na minha mãe e no meu irmão. Cada um com sua personalidade, um trio perfeito e muito amado

Contem-se sobre os pets de vocês nos comentários! Qual o nome e como é a personalidade deles? :*

Juliana Urquisa Postado por Tags:, ,
4 Comentários
21 mar 2016

Ovos de Páscoa Artesanais Veganos em Recife




A páscoa já é nesse fim de semana e quem ainda está indeciso se realmente vale a pena comprar um ovo de páscoa como eu (preço barra X preço ovos de chocolate) eu trouxe uma alternativa bem bacana: ovo de páscoa artesanal. Vamos investir nas pessoas que trabalham pra fazer algo lindo, gostoso e saudável e comprar de quem faz? Eu sou total apoiadora da hashtag #compredequemfaz e selecionei algumas docerias que estão com um cardápio especial pra essa páscoa, mas corre porque o prazo pra encomendar está quase acabando! Tudo vegano \o/

Bons de Bico

ovos de páscoa artesanais veganos em recife
Ovos trufados, ovos de colher e ovinhos maciços, todos veganos! Trabalho totalmente artesanal, sem glúten e sem açúcar refinado, com embalagem sustentável feita de tecido. Encomendas para Recife e região metropolitana podem ser feitas através do facebook ou pelo e-mail: contato@bonsdebico.com
Preço: R$ 16,00 (Veja o menu aqui)
Visite o facebook
Visite o blog
Visite o instagram

Pandas Bárbaros

ovos de páscoa artesanais veganos em recife
Ovo trufado, ovo crocante e ovo de colher. Encomendas podem ser feitas pelo facebook ou telefone abaixo.
Preço: À partir de R$ 25,00 (Veja o menu aqui)
(81) 98837-7006
Praça do Giradouro
San Martin, Recife – PE
Visite o facebook
Visite o instagram

Juju Vegan

ovos de páscoa artesanais veganos em recife
Ovos trufados, recheados, crocantes, lisos e de colher com doces ou mousses. Além de deliciosas trufas, bombons e cestas de chocolate. Parte do valor das vendas será doado para a ONG Salve Sertão. Encomendas pelo e-mail abaixo, telefone ou facebook.
Preço: À partir de R$ 25,00 (Veja o menu aqui)
(81) 98774-4205 / 99715-0692
jujuvegan.juju@gmail.com
Acesse o facebook

Frutteto

ovos de páscoa artesanais veganos em recife
Ovos de morango fresco, biscoito oreo, trufado com amaretto, trufado com maracujá e paçoquita, além dos pratos típicos de páscoa na versão vegana como bolinhos e ensopados. Encomende pelo facebook ou telefone.
Preço: À partir de R$ 38,90 (Veja o menu aqui)
(81) 9871-8809
Rua Menezes Drumond
Madalena, Recife – PE
Acesse o facebook

Além dos ovos artesanais citados acima algumas marcas nacionais também possuem opções veganas como a Cacau Show (R$ 32,90), Choco Fitness, Carob House e Choco Soy. Os ovos da Cacau Show são encontrados nas lojas em todo o Brasil, encontre a mais próxima de você no site. Em Recife você pode comprar os ovos da Choco Fitness, Carob House e Choco Soy na Vegaria, único empório totalmente vegano do Norteste 🙂

ovos de páscoa artesanais veganos em recife
Preço: À partir de R$ 40,00
Vegaria
Rua Barão de Souza Leão, 221, Loja 1
Boa Viagem, Recife – PE
(81) 3128-3344

Nossa, difícil decidir qual vou querer! O que acham de investir em quem faz? Tem de todos os valores, baratos e caros. Já compraram os chocolates pra presentear os familiares e amigos? :*

Juliana Urquisa Postado por Tags:
3 Comentários